Por André Eduardo Ruschel à Epic Play —

A quantidade de jogos do gênero metroidvania disponíveis no mercado hoje para o consumidor é enorme, inclusive sendo muitos deles de uma qualidade inquestionável. O que então Guacamelee! tem a oferecer para escolhermos ele ao invés de tantos outras boas opções. A verdade é que seu principal diferencial está na plasticidade de seu gameplay, com uma evolução constante do personagem e uma narrativa descontraída que é atraente a todo tipo de jogador, seja ele veterano nos videogames ou não.

Mais uma clássico contemporâneo que será lembrado no futuro.

Guacamelee! é um jogo do gênero metroidvania, desenvolvido e publicado pela DrinkBox Studios em abril de 2013 para Playstation 3 e PS Vita, sendo portado posteriormente, ainda em 2013, para Microsoft Windows. Em 2014 foi a vez das plataformas Linux, Wii U, Xbox One, Xbox 360 e Playstation 4 terem suas versões do jogo. Por fim, em 2018 este grande game chegou ao Nintendo Switch. A versão aqui avaliada é a Super Turbo Championship Edition de Xbox One.

Abaixo segue o trailer de Guacamelee!.

Curiosidade: O DrinkBox é um estúdio independente de games de Toronto, no Canadá, fundado em 2008 por Chris Harvey, Ryan MacLean e Graham Smith, três programadores que trabalhavam juntos na Pseudo Interactive, software house esta que veio a fechar naquele mesmo ano. O primeiro nome dado ao estúdio estreante foi Not a Number Software, mas em pouco tempo todos integrantes acreditaram ser péssimo e o alteraram para o que conhecemos hoje. Apesar da Drinkbox ser internacionalmente conhecida pela franquia Guacamelee!, este não foi seu primeiro jogo, sendo Tales From Space a série que deu início aos trabalhos da equipe, em 2011.

O time da Drikbox Studios.

Enredo

O enredo de Guacamelee! é bastante simples e funciona bem para a proposta do jogo. A história começa quando nosso protagonista, Juan, um simples fazendeiro dos campos de Agaves, que na infância sonhava em ser um grande luchador (parecido com meu caso que sonhava em ser o He-Man, mas enfim), resolve viajar até a cidade mais próxima, lugar em que estava acontecendo um importante festival. Infelizmente, ao chegar no local, a casa do prefeito (El Presidente) está em chamas e o grande vilão, Carlos Calaca, sequestrando a filha do governante. Juan tenta evitar o ocorrido mas acaba morto facilmente por Calaca.

Todos cenários do jogo foram feitos com grande capricho e dedicação por parte dos desenvolvedores.

Juan acorda no mundo dos mortos e, após uma breve exploração, encontra com a guardiã da Máscara, Tostada, que lhe concede este importante artefato. Ao vestir a Máscara, nosso protagonista volta a vida e transforma-se em um Luchador, iniciando-se assim sua aventura de acabar com as maldades de Calaca e resgatar a bela filha do prefeito.

O início com o povoado em aparente paz. Abaixo, na imagem, já podemos ver o Mega Man, digo, o Mega Hombre.

Curiosidade: Em 2014 Guacamelee! recebeu uma nova versão chamada Super Turbo Championship Edition, em que foram acrescentados diversos conteúdos: como novas fases, a habilidade “Intenso”, um chefe inédito e outros pequenos detalhes. Estas novidades fizeram com que o título se torna-se mais completo, sendo esta a versão definitiva deste clássico.

Personagens de Guacamelee!

Diferentemente da costumeira descrição do bestiário de minhas matérias, desta vez irei tratar de alguns personagens de Guacamelee!, já que todos possuem um grande carisma que deve ser reconhecido. Suas características serão expostas sem comprometer o enredo daqueles que a inda não jogaram este grande game.

Apenas alguns dos personagens carismáticos de Guacamelee!.

  • Juan Aguacate: É o nosso herói de sobrenome abacate. Ele é um fazendeiro humilde e de bom coração que acaba morrendo antes da hora e, por sorte, recebe uma segunda chance, agora como um Luchador capaz de dar golpes de grande impacto em seus inimigos.

Juan Aguacate

  • Carlos Calaca: Ele já foi um ser humano que acabou sendo traído pelo Diabo após um acordo que envolvia entregar sua alma após sua morte. A razão de sequestrar a filha do prefeito envolve um ritual para adquirir um enorme poder capaz de unir os mundos dos vivos e dos mortos e assim, governar a ambos.

Carlos Calaca

  • Uay Chivo: Ele é um velho, sábio, decrépito, um pouco safado e com a capacidade de transformar-se em bode. Ainda assim é o mestre dos principais luchadores da região, como Tostada, Jaguar Javier e Juan. Ele também é o dono das inúmeras estátuas Choozo capazes de fornecer habilidades especiais para aqueles que as quebrarem. Seu personagem é baseado no tradicional Huay Chivo do folclore maia, ser este que seria metade homem, metade fera e que aterrorizava rebanhos durante as noites. Sua lenda é uma das maiores bases para as histórias do Chupacabra.

Uay Chivo

  • Tostada: É um personagem secundário dentro do universo de Guacamelee!, ainda assim, bastante interessante. Em vida seu nome era Josefina e morreu heroicamente ao ajudar a população a evacuar a região de Camposanto durante a erupção do Pico do Gallo. Devido aos seus feitos, teve um tratamento diferenciado no mundo dos mortos, onde adquiriu habilidades de luchadora e a missão de ser a guardiã da Máscara Sagrada.

Tostada.

Curiosidades: Uma das coisa mais interessantes em Guacamelee! é a atmosfera descontraída que o jogo possui em toda sua campanha. Um destes destaques está nas inúmeras referências a filmes, séries, jogos e memes (estes da época do lançamento). Isto realmente ativa uma curiosidade extra ao jogador em tentar explorar e captar todos easter eggs.

Quem arrisca dizer de onde vem a inspiração desta estátua?

Análise Técnica de Guacamelee!

O gameplay de Guacamelee! corresponde a um típico metroidvania em que devemos explorar vastos ambientes de duas dimensões atrás itens enquanto enfrentamos uma infinidade de inimigos. Originalmente o game possui 12 áreas em que devemos procurar por baús e power-ups, sendo estes bastante necessários, não somente para a conclusão da campanha em si, como também para vencer os inimigos que tornam-se um tanto difíceis no decorrer da aventura.

Mapas no estilo de seu gênero vão sendo abertos durante a campanha.

A dificuldade do jogo é crescente, com inimigos bastante fáceis de serem superados inicialmente mas que tornam-se problemáticos mais próximo ao final do game, principalmente para aqueles que não aprenderem a fazer os valiosos combos. Ou seja, recomendamos que o jogador explore o cenário em busca de power-ups de energia e especiais, assim como aprenda a lutar contra os tipos diferentes de adversários. Ainda assim, um jogador experiente não terá grandes problemas para terminar o game.

Itens encontrados pelas fases fazem aumentar nossa barra de energia e de magia.

Os gráficos do jogo são muito bem-feitos, com uma arte que merece elogios, principalmente vindo de um jogo independente. Não tive contato com nenhum bug significativo durante toda campanha neste primeiro título da franquia, caso houve algum relevante, provavelmente, foi corrigido por atualização depois de seu lançamento.

Você é grande mas não é dois. Opa, são dois sim.

A jogabilidade, apesar de fortemente criticado por alguns, achei maravilhosa, respondendo bem aos comandos e compatíveis com a dificuldade proposta pelo jogo.

Guacamelee! é o tipo de jogo que mostra que o estilo plataforma ainda vai longe.

Toda a narrativa em Guacamelee! é bem-humorada e remete bastante à cultura mexicana. As inúmeras referências presentes nos cenários e nos diálogos dos personagens nos fazem sentir a leveza que o título possui em toda sua campanha, assim como a curiosidade de encontrar os easter eggs e conversas com duplo-sentido. Destaco momentos, conforme vemos abaixo, em que a filha do prefeito ao ser chamada de Virgem do Sacrifício demonstra-se desajeitada ou quando, após um difícil calabouço, Juan descobre que sua princesa está em outro castelo com o amado da anfitriã, momentos impagáveis e memoráveis dentro da aventura.

O tempo de campanha de Guacamelee! gira em torno de 10 horas quando jogado pela primeira vez, isto caso o jogador morra algumas vezes e gaste um tempo explorando o cenário. Esta duração pode subir um pouco caso ocorra a busca pelos 100%, assim como ele irá diminuir consideravelmente em uma segunda partida.

Encontramos inimigos enormes durante a campanha de Guacamelee!

O fator replay em Guacamelee! até pode ser considerado grande, uma vez que provavelmente o jogador vá querer buscar os chamados 100%. Isto devido à grande diversão proporcionada por este título.

A diversão é enorme durante toda a campanha, não somente pelo gameplay envolvente, mas também pela evolução contínua de seu personagem e pelos inúmeros momentos bem-humorados de todo jogo. Certamente aqueles que um dia jogaram terão vontade de revisitar esta maravilha um dia.

Esta confusão com a tela cheia de inimigos é um dos charmes desta mistura de beat’em up, plataforma e exploração.

A trilha sonora em Guacamelee! está incrível, combinando perfeitamente com a ambientação mexicana que toda a aventura possui. Percebemos toques de touradas, o culto aos mortos e aos lutadores da região, tudo embalado com músicas que casam perfeitamente com a ação frenética do game. Os efeitos também não decepcionam, merecendo elogios. As legendas em português são das melhores já traduzidas e adaptadas que já vi, realmente um trabalho digno, conseguindo manter o humor central do título.

Abaixo segue a trilha sonora completa de Guacamelee!.

Curiosidade: Com o grande sucesso que Guacamelee! teve junto ao público e a crítica, não era de se estranhar que uma continuação seria produzida para a franquia. Isto ocorreu em agosto de 2018, com Guacamelee! 2 sendo disponibilizado, inicialmente, assim como o título anterior, para Playstation 4 e Microsoft Windows. O Nintendo Switch recebeu sua versão em dezembro de 2018 e o Xbox One em janeiro de 2019. Como já era de se esperar, o game teve boa repercussão perante a crítica e ao público e quem sabe, futuramente, ainda receba uma matéria só para ele aqui na Epic Play.

Jogado no Xbox One.

Conclusão
Os desenvolvedores de Guacamelee! arriscaram fazer um belo jogo de um gênero que já apresentava sinais de desgaste perante o público. Acontece que, apesar das semelhanças com outros jogos do estilo, este foi de tal forma bem feio que conseguiu atrair atenção de todos aqueles que deram uma breve chance para a experiência de seu gameplay. Guacamelee! foi isto, uma obra original com dificuldade balanceada que conseguiu gerar uma nova franquia de sucesso dentro de seu cenário.
Bom
  • Trilha sonora de qualidade e que combina perfeitamente com a temática;
  • Jogabilidade de fácil aprendizado;
  • Bom humor atraente durante toda a aventura.
Ruim
  • Poderia ter uma maior variedade de inimigos.
9
Incrível

Esqueci a Senha

Entre com seu nome de usuário ou e-mail. Você receberá pelo seu e-mail registrado um link que lhe criará uma nova senha.